16/03/2018 - 12:04
Faculdade La Salle realiza fórum econômico voltado ao desenvolvimento do Amazonas

“Oportunidades e investimentos para o Amazonas” esse foi o tema do I Fórum Econômico realizado pela Faculdade La Salle na noite desta quinta-feira, 15, no auditório da instituição.

Com a presença de acadêmicos de diversos cursos, professores e convidados, Luiz Almir Menezes Fonseca, diretor executivo da Seplancti, Patry Marques coordenador geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, representante da Suframa e Gilmar de Oliveira Freitas, assessor econômico da FIEAM expuseram aos presentes no evento, um pouco sobre a área de atuação de cada um deles e medidas para desenvolver a economia do Estado do Amazonas.

O Fórum

O primeiro palestrante da noite, Luiz Almir de Menezes Fonseca, durante boa parte da sua apresentação ressaltou a importância e a riqueza da biodiversidade amazônica como uma alternativa econômica altamente viável ao atualmente único modelo econômico do Estado, a Zona Franca de Manaus. 

“O Estado do Amazonas tem uma natureza extraordinária, de recursos naturais infindáveis e tem tudo pra crescer e muitas vezes falta vontade política de fazer acontecer. Por exemplo a mineração, ela daria muito mais lucro se fosse sedimentada no Estado do que os resultados do PIM. É preciso agregar valor para termos a exploração racional da nossa biodiversidade. Se boa parte dos insumos minerais pudessem ser colocados numa cadeia produtiva, poderia criar um cenário de emprego e renda”, defendeu o representante da Seplancti.

 
 

Em seguida, foi a vez de Gilmar de Oliveira Freitas, apresentar outra solução para o desenvolvimento da economia local.

“Uma boa alternativa seria reativar o Aeroporto de Ponta Pelada como um terminal de cargas e passageiros. Se você ver a distância que está o Distrito Industrial do Aeroporto Eduardo Gomes, você percebe como essa logística dificulta o processo. Por estar próximo do Distrito e de vários portos, essa logística envolvendo o aeroporto de Ponta Pelada, seria muito benéfica ao Amazonas”, comentou o assessor econômico da FIEAM.

 
 

Por fim, Patry Marques, apresentou palestra sobre a SUFRAMA e o Desenvolvimento da Amazônia, abordando as principais oportunidades de negócios e a chegada da Indústria 4.0.

“O que se pretende fazer é uma integração entre as máquinas e os sistemas, os sistemas e o produto através dos setores. Então, se vislumbra com isso um ganho em produtividade, costumização e flexibilização da produção de maneira que você não necessite de escalas tão grandes de produção, mantendo o custo médio desses produtos”, salientou o representante da Zona Franca de Manaus.

 
 

Sobre o Fórum

Promovido pela coordenadoria do curso de Relações Internacionais da Faculdade La Salle, o Fórum Econômico tem o objetivo de contribuir com a transformação da realidade social amazonense por meio da identificação de problemas que afetam diretamente a população e impedem o desenvolvimento do Estado, além da propositura de medidas que possam reverter essa situação.

 
 


Confira a galeria de fotos e vídeos
Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar