O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação (bacharelado, licenciatura e tecnológico) em relação aos conteúdos programáticos do curso, habilidades e competências necessárias para a formação geral e profissional e o nível de atualização dos estudantes em relação à realidade brasileira e mundial. Integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES).

Conforme disposição do art. 5º, § 5º, da Lei nº 10.861/2004, o Enade constitui-se componente curricular obrigatório, sendo condição indispensável para a emissão do histórico escolar, assim como para a expedição do diploma do aluno pela Instituição de Ensino Superior. No histórico escolar é registrada a condição de regularidade do aluno perante o Enade.

São instrumentos básicos do Enade a prova, o questionário das impressões dos estudantes sobre a prova, o questionário do estudante e do coordenador(a) do curso.

 

FORMATO DA PROVA

A prova é formada por 40 questões no total, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área, contendo nas duas partes questões discursivas e de múltipla escolha.